Páginas

16.8.09

silêncio constrangedor


Silêncio paira no ar
Meu olhar
No teu olhar
Meu silêncio
Teu silêncio
Nesse momento
Duas almas transitando
Onde meras palavras
Já não podem alcançar
Sublime silêncio
E nesse momento
Constrangimento
Desvio meu olhar
A boca deve calar
Pois o próprio constrangimento
É minha alma a confessar
Que deseja somente te beijar

by Branca - Todos os direitos reservados

15 comentários:

Bê Sant Anna disse...

Ficou muito melhor que o meu. Foi sábio levar pro lado romântico!
Parabéns, poeta!

CAC disse...

Lindo texto, muito bem aproveitado.
Um abraço!

Nike disse...

Fantástico!
É o que posso dizer, depois de ler... depois de ouvir, tudo o que de belo existe neste seu espaço!
Estou adorando!
Um beijo

Jean B. disse...

adorei os versos:

"Nesse momento
Duas almas transitando
Onde meras palavras
Já não podem alcançar"



http://confissoesdamadrugada.blogspot.com/

Ricardo Pato disse...

Como de costume, sempre que passo aqui encontro textos bem escritos, e com suas emoções em êxtase!!!

Continue assim!!!!


besos

Humor Nota Zero!!! disse...

Lindo Texto, parabens aos 2...

Jonathan disse...

Quando nos apaixonamos nos perdemos no olhar da pessoa amada, o tempo passa sem que se perceba. Amar, amar é simplesmente amar. Amar é o sopro que da a alma, é o calor que espanta o frio. Amar é sempre bom.

Davi Machado disse...

Lindo! Lírico!
Quando menos percebemos o silêncio se mostra mediador entre as batidas dos corações apaixonados, por isso amo o silêncio, nele há muito o que se aprender!

bjs e parabéns

Davi

Sabina Insustentável disse...

que lindooooooooo! Vou escrever sobre tb... o Bê me desafiou para.... ;)
bjobjo

Tatinha Rodrigues disse...

Que lindo. Você sempre me deixa sem palavras que estejam à altura de elogiar as suas!

"Meu olhar

No teu olhar

Meu silêncio

Teu silêncio"

Tem selinhos pra vc no meu blog!
É só passar e pegar! ;)
Obrigada pelo selo que me indicou! :D

Jenny disse...

Um silêncio pertinente vale mais que mil palavras.....

muito bonito como sempre, bjss

Anônimo disse...

Uauuu...Sublime silêncio!

Anônimo disse...

O silêncio oportuno é mais eloqüente do que o discurso.

Tobias de Melo" disse...

Putz .. eu ainda não tinha lido esse!

Muito bom !!

Lindo, sublime, ah(!), sabe que não sei uma palavra que descreva realmente o que achei ?!

xD

Anderson Dias, Ander, Andermaster disse...

Esplêndido, muito intenso, as palavras se encaixam no contexto dum sentimento universal.

muito bom...estou gostando daqui!

voltarei mais vezes!

Bjos flor!