Páginas

7.6.09

Viajante

Hoje eu perdi pensamentos na estrada

Eu sabia que isso ia acontecer
É na estrada onde mais meu pensamento voa
É uma profusão de teorias
A inspiração é tanta que eu poderia mergulhar nela
Poderia até mesmo me afogar nela
E ficaram perdidas na estrada
Eu preciso de um gravador
Para gravar essas coisas na hora
Ela ainda está dentro de mim
Mas se escondeu
Como que em gavetas
Compartimentos secretos
Agora resta-me esperar que ela seja novamente despertada
Através de uma música
Uma palavra
Um gesto
Um sopro
Um perfume
Um sabor
Então ela aflora novamente
Para ser por mim capturada e descriptografada
Traduzida em sentimentos
E transmitida da unica forma que eu sei...
poemas


by Branca

16 comentários:

Mimi rocks - fuckmylife.com disse...

Eu quero chocolate de Ovomaltineeeeee!
Te amo mãe!



Deixa eu ir pra brasilia?

Branca disse...

Aff

¬¬

Miojo disse...

Eu quero chocolate brancooooo
Te amo pequena!



Deixa a rah vir pra brasilia?

Davi Machado disse...

Pois a inspiração prega peças, mas não morre, nunca desaparece, se esconde como um espírito brincalhão... amei quando você disse:

"Uma palavra
Um gesto
Um sopro
Um perfume
Um sabor"

realmente é assim!

abraços!

Mimi rocks - fuckmylife.com disse...

eu viajo o tempo todo *---*'
hehehe dá raiva qndo num tem nenhum pedaço de papel pra anotar
tipo... tenta fixar sua ideia principal... pensa nela varias vezes, relacione ela a algo comum, e fique sempre checando se ela ainda esta ali.
eh mais facil se lembrar depois...
e aqle seu mp3 preto grava viu ;D

quero chocolate mãe!

Ricardo Pato disse...

Para quem escreve....o mais difícil não é a inspiração....é o que vem depois disso!!!
Para ser um Génio: 1% de inspiração e 99% de transpiração, como Thomas Edison propõe...é dificil....mas suando a camisa, quem sabe...

Mtu bom o post...como sempre.


"Que a inspiração chegue não depende de ti. A única coisa que pode fazer é garantir que ela te encontre trabalhando."
PABLO PICASSO


Brazz

Jean B. disse...

Já perdi muitas palavras e boas idéias enquanto dentro de um onibus ouvindo mp3 a inspiração me surpreende, espero q essa idéias voltem e q eu consigo transcreve-las. Mais uma vez inspirador estar aqui.

Bê Sant Anna disse...

Traduzir a estrada em caminho é trilha de poucos como você, Branca.
Continue nos inspeirando, por favor.


Como diria Roberto Carlos,
"...por isso eu corro demais..."

Sheila disse...

Me identifiquei tanto aqui:

"Eu preciso de um gravador
Para gravar essas coisas na hora
Ela ainda está dentro de mim
Mas se escondeu
Como que em gavetas
Compartimentos secretos
Agora resta-me esperar que ela seja novamente despertada
Através de uma música
Uma palavra
Um gesto
Um sopro
Um perfume
Um sabor"

Aliás, depois das respostas nos selos, acho que a gente tem várias afinidades.

Beijocas e maravilhosa semana pra você!

Nike disse...

Amei!!! Viajei lendo seu poema!
Construido com muito bom gosto.
Parabéns.

Beijos e uma ótima semana

Jonathan disse...

Eu me perco nes universo louca, as vezes acho que estou ficando maluco, muitas vezes me enrrolo com coisas fácies, mas porque? Porque eu me questiono o tempo todo, crio teorias, fantasias. E quer saber? Eu as vivo!

CAC disse...

Adorei este poema, ja tive varias cenas em que queria muito que paralizassem, tipo ja ate escrivi um poema falando nisso rss acho que vc descreveu muito bem tudo o que ja senti e as vezes sinto, te adoro bjs linda!!!

Rubra disse...

Blog lindo!
A inspiração surge quando quer. Ás vezes é tanta, ás vezes é tão pouca. Redescubra em que ela se esconde... Permita surpreender-se!

Rogério Godoy Princiotti Júnior disse...

Nossa mãe é mto legal....
Ah mãe... kero um chocolate tb... rsrs..

Bjoss

Cerejinhäa disse...

Ai que lindo! Queria saber escrever poemas .

FILHO DO CÉU disse...

muito bonito!parabéns por saber expressar seus sentimentos através da poesia

http://superblogueiro.blogspot.com