Páginas

21.2.11

Respirando



O que posso te dizer meu amor?
Você me fez sentir viva novamente.
E estar viva me dá muito medo
Implica em estar correndo o risco de morte
Risco de sentir dor
Mas a vida é isso
Um risco constante
Um risco cortante
Que pode partir um coração em mil pedaços

Branca


17 comentários:

Aflaudisio Dantas disse...

obg Branca volte sempre

Yeda Nunes disse...

Entrei em seu blog, apenas para comentar uma postagem ( regra da comunidade), mas confesso não posso ficar indiferente e não seguir esse blog, agora!
Amei os textos e a maneira como escreve.
Visite-me!
http://recantodeyeda.blogspot.com/

Karine Lima disse...

Oi, adorei teu blog
estou seguindo,
visita o meu e se gosta,
siga! Beijo.

http://livreelouca.blogspot.com/

Fernanda Amylice disse...

É isso, viver dá medo. Mas é mais o tipo de frio na barriga de não saber o que vai acontecer. E é ótimo quando alguém consegue provocar esse tipo de reação em nós. Nos fazer mais que respirar.

ƸӁƷBeautiful Butterfly WomanƸӁƷ disse...

Ahhh!!o amor sempre nos dilacerando...sempre deixando o nosso coração estraçalhado...mais é bom sentir amor...hehehehehe!!!amiga desejo á vc.uma semana cheia de amor...beijos queridaaa!!

Zainer Araujo disse...

Crescer doi as vezes - rs
Adorei seu blog, esta sendo uma otimo compania nas longas viagens e intervalos para um cafe. Parabens !

Zainer Araujo disse...

Parabens pelo seu blog. Esta sendo uma otima compania nas viagens e intervalos para o cafe!

Ulisses Coelho disse...

É... viver é um eterno risco q acaba quando op risco da morte deixa de ser risco para ser realidade!!!

bons textos e imagenss.. parabens!

http://filosofossuicidas.blogspot.com/

Rubi disse...

Uma poesia breve mas tocante.
Logo se vê que tem uma facilidade pra escrever.
E parabéns pela seleção das imagens!


http://allclassics.blogspot.com/

Jacqueline Alezandra disse...

Lindo!! quem dera eu poder sentir essa plenitude...você é ótima!
Passa no meu blog, e se gostar de alguns dos meus textos,comente >.<
http://diversime.blogspot.com/
grande abraço ;*

LADY D. A. disse...

Eu tbm sempre corro de me apaixonar, a única "paixão" q eu tive na minha vida foi platônica, mas um dia se acontecer espero ser correspondida...

LADY D. A. disse...

Esqueci de falar sobre seu blog, a música me despertou melaconlia, combnoiu com os textos, voltarei sempre, o q me desperta algum sentimento, merece minha atenção...

M. Araújo disse...

Seu blog tem um clima bastante romantizado; contudo, algo não me atraiu no seu texto.

M.

IBANEZ disse...

Dahora seu blog moça...visu bacana e tal...e belas poesias !


http://deposito66.blogspot.com/

Lolly disse...

Amei a poesia!
http://lollyoliver.wordpress.com/

Júúh disse...

Parabéeens'.
amei !

Felicidade Clandestina. disse...

a vida é sentir essa ferida, o amor faz a gente ter medo , mas por mais que a gente ache que morre dele tudo nao passa de uma ferida em carne viva , que demora a sarar mas no fim sara

eu amo te ler